O Homem é feito do “Verbo” de Deus

O que se segue é o trecho extraído do Livro Imagem Verdadeira e Fenômeno – coleção Masaharu Taniguchi – vol. 4, págs 52, 53 e 54. Com frases essenciais do próprio texto em negrito ou grifadas e comentários feitos por Aquele que aparece como o nosso Amigo João W. Henley, entre [colchetes]. E isso é praticamente só uma única página deste Livro.

 

O Homem é feito do “Verbo”  de Deus

 
É evidente que a Seicho-No-Ie não se baseia em teoria materialista, mas também não se fundamenta exatamente em simples teoria espiritualista.
[Percebam que não se trata nem de voltar sua atenção para o mundo material, nem voltar sua imaginação para um suposto mundo espiritual. Não há mundo material e o mundo espiritual é exatamente Este, aqui e Agora!!]
Para ser mais exato, a Seicho-No-Ie é uma prática da filosofia [ensinamento, doutrina, postura, modus vivendi, Experiencia de Realidade] denominada Yuishin-Jisso-ron. Esta filosofia afirma que a Totalidade das coisas existentes no Universo foi criada somente por Deus. É puro Jissô [Realidade, Fonte, Deus] pois tudo o mais não passa de falsidade, o que quer dizer que é inexistente. O que existe realmente é só Deus. 
 
E Deus é Verbo [Vibração]. Na Bíblia consta que “No princípio [na Fonte] era o Verbo [Vibração] e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus. [a Vibração estava na Fonte e era uma extensão da própria Fonte. Vibração e Fonte são UM].Todas as coisas foram feitas por ele”.[Tudo o que existe é Vibração, É a própria Fonte, o próprio Deus, UM]. Quer dizer que todas as coisas são materialização [Manifestação, talvez e somente talvez, sob o aspecto de forma]. do Verbo de Deus [da Vibração da Fonte]. ou seja, do pensamento [vibração] divino. E Deus é o Bem infinito, a Perfeição infinita. O Mundo bom e perfeito criado por Deus é o Mundo do Jissô, onde tudo é infinitamente perfeito e harmonioso [E esse mundo É Aqui e Agora]. O homem que nele aqui reside é filho de Deus [Extensão do próprio Deus, manifestação], e é também infinitamente perfeito. Vocês são tudo isso!
De que são feitas as coisas no Mundo do JISSO? Elas não são feitas de matéria [conceito materialista]. Entretanto, nós as vemos [as coisas do Mundo do Jisso]através dos nossos olhos carnais, e, por isso, surgem à nossa frente sob forma material. Em outras palavras, são traduzidas para a forma material, palpável. No entanto, o verdadeiro ser foi criado pelo Verbo de Deus.
Na Bíblia, consta isso quando o diabo [ilusão, ignorância, conceito materialista] disse a Jesus “Se tu és o Filho do Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão”, ao que Jesus respondeu: “Nem só de pão vive o homem, mas de toda palavra de Deus”. Isto aconteceu quando Jesus jejuava durante 40 dias e 40 noites, nas margens do rio Jordão, efetuando a purificação [Deus Sumiyoshi]. Realmente, o homem não está vivo graças ao pão que é matéria, mas graças ao Verbo que sai da boca de Deus. [Vibração que emana da Fonte].
Sair da boca de Deus não significa “boca” igual à do corpo humano, porque não havia forma humana no início da criação do Universo [na Fonte Primordial]. Deus existe permeando o Universo, e, por isso, boca de Deus corresponde ao pensamento [vibração] de Deus. O homem vive através da vibração do Verbo – ondas de pensamento – emitido pela Mente divina. Com diz a sutra Chuva de Néctar da Verdade, “Quando a Mente deste Deus Onipotente, deste Deus Onipresente entra em vibração e se torna Palavra [Kotoba], desenvolve-se todo Fenômeno {Fenômeno Jissô] e todas as coisas passam a ser”, o homem é uma presença espiritual, resultante da Palavra de Deus. Por isso, na citada sutra, o ideograma chinês que representa Espírito [Vibração de Deus] vem acompanhado do indicativo de que se pronuncia Verbo.
Assim, o homem [Você] é uma Existência Real Espiritual [Vibração de Deus] e não uma presença material [baseada em um conceito materialista]. O Mundo do Jissô criado por Deus é perfeito e harmonioso, não existindo qualquer mal. Esse mundo existe aqui, neste momento, mas os cinco sentido carnais não conseguem percebê-Lo. Somente a pessoa que desperta aquilo que poderíamos chamar de percepção do Jissô é que consegue ver mentalmente esse mundo perfeito.
 
Se desse uma denominação filosófica a essa cosmovisão, que afirma já existir, aqui, esse mundo perfeito criado por Deus, seria “Filosofia Yuishin-Jisso-ron“. A filosofia da Seicho-No-Ie não é um simples espiritualismo. Se fosse, ficaríamos doentes ao pensarmos na doença, seríamos pobres por pensarmos na pobreza, ou ricos ao pensarmos na riqueza. A situação da vida mudaria sucessivamente conforme o estado da mente e não reconheceríamos que no âmago dessa situação visível existe o mundo Real, eternamente perfeito e inalterável!

Texto divino com comentários nucleares de João W. Henley
Domo Arigatô Gozaimasu!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s